Páginas

Ilusão real


O meu Amor reúne todos amores
Acalma dores
É tempestade seguida a calmaria
Atravessa a alma
Matando desejos torpes,
Sonhando maior.
Com ele aprendi a espera,
Sorrir da demora
Acalmar pressas.
Tornei-me pequena para ser parte
E infinita no sentir.
Espelho de desilusões
Refletindo esperança.
A fé no silêncio
A beleza do encanto
Um perfume raro envolvente.
Um grito numa canção
Estribilho que não cansa.
O Amor me trouxe,
me guia e só ele há de me levar.
Quando eu for
Levo comigo tudo que ele fez crescer.
Deixo impressões, pegadas, sementes
E a certeza de que mesmo a ilusão com o Amor é real.
Marta Vaz